Public Petition – Contra a redução no apoio às viagens entre a Madeira e o Continente

Mar 20, 2014 at 10:29 am | Posted in Posts | Leave a comment
Tags: , , , ,

Tomás Freitas has started a Public Petition to stop the state from reducing the subsidy RAM citizens get for the flights to the continent and back. At the moment, the state reimburses 30€ per flight, they plan to reduce this to 21€.

The issue for me is not the reduction in itself but the fact that a Madeiran citizen is using this great new internet tool to get this issue into a hearing by the Portuguese Parliament in Lisbon. Based on art. 52 of the Constitution, it needs only 4000 signatures (on paper or electronic, with B.I. number) to force the Parliament to place the issue on the agenda and discuss it.

A Public Petition can do this! The people’s voice would be heard with only 4000 signatures. Madeira should be able to get together this many signatures, let’s try and see, by signing Tomás’ Petition now:

http://www.peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT72870

Please also send this on to your friends and have them sign as well, thank you!

55 Madeira Consorcio Meeting Minutes (ToBinG) 13.3.2014 EXCERPT

Mar 16, 2014 at 11:09 am | Posted in Posts | Leave a comment
Tags: , , , , , , ,

55 reunião Madeira Consorcio (ToBinG) 13.3.2014 – English version below

Tivemos uma discussão interessante sobre como conter o Governo, o que foi inspirado por uma discussão igualmente sedutora acontecendo em Contraditório (http://www.contraditorio.pt/) em Lisboa.

Primeiro alguns outros detalhes :
O
sistema solar de D & MS  está agora a trabalhar muito bem. Eles tiveram que obter algumas baterias novas e mais poderosas. Ainda não tentaram ir sem o fornecimento EDP. Eles descobriram que é ilegal em Portugal a vender eletricidade excedente (executando o metro para trás) à EDP e ao mesmo tempo a produção de electricidade para consumo doméstico, por isso só estão produzindo para si mesmos.


OCesto: o topo está quase completo, depois tem que ir para o estofador a ser equipado com o tecido. D tem um contato na Ponta do Sol que está ansiosa para ver o protótipo, mas também temos P. como potencial comprador.


U escreveu um plano de negócios en Inglês (com um software EUA www.enloop.com) para o projeto de
DV e enviou-o para vários intermediários de investidores. O software, sendo da América, é um pouco engraçado: uma Lda obtem uma classificação pior, quando o projeto é baseado em um único proprietário, o “rating” fica melhor. Não tem entrada para efeitos de IVA , mas oferece um PDF profissional, tudo de graça. Extras, como deixar de fora o logotipo de Enloop , precisa ser pago. Recomendável!


U está em contato com o Pingo Doce para ver se eles nos permitiriam distribuir panfletos com o
Manual de Fogo nos supermercados, devemos ouvir algo na próxima semana. D está em contato com o Continente, mas a pessoa responsável não estava disponível até o momento.


A discussão:
M de Contraditiorio sugeriu que os impostos devem ser dedicados a fins específicos, de duas maneiras:
1. Imposto sobre gasolina → manutenção de estradas etc; impostos de tabaco e álcool – > serviços de saúde, etc; os impostos de luxo → ….
2.IRS: o cidadão pode determinar percentagens dos seus impostos para ir para todos os departamentos, por exemplo: 10% para a defesa, 30% para a educação, etc …. até 100% é atingido. Assim mostra de forma muito evidente a importância que cidadãos coloquem sobre os serviços que consomem, e capacitá-los para governar seu estado. Os serviços públicos que, portanto, recebem pequenas quantidades de receitas fiscais têm de apertar o cinto. Se este, em seguida, resulta numa falta de serviços, os cidadãos irão aumentar a sua distribuição. Como na Califórnia com seus referendos, os cidadãos terão uma curva de aprendizado a respeito de porque os impostos precisam ser levantadas, não baixados.
3.Para tornar a gestão mais fácil, isso poderia ser decidido por referendo com um ano de antecedência. Em seguida, os escritórios de administração saberiam antecipadamente quanto dinheiro eles irão receber.


E disse que o Brasil teve um pequeno imposto sobre todas as transações de dinheiro por um tempo; esta pequena quantidade foi suficiente para cobrir o défice e restaurar o pote de pensão da Segurança Social. Em seguida, o Estado tentou usá-lo para outros meios, mas foi parado pelos cidadãos.


Também falavamos sobre um controle do sector bancário, proibindo qualquer comércio (“Os mercados ” são baseados em
comércio) com os bens que não têm contra-valor tangível (bens e hipotecas são bons, Credit Default Swaps, etc não são). Mas Títulos – IOUs ( “Eu devo a você” ) não são tangíveis e podem ser necessários no mercado , pois eles podem ser limitados por uma regra para não vendê-los após a primeira venda.

Outros comentários – não podemos estar sempre otimista :
GM tinha de fato sido nacionalizado devido à crise bancária, bem como alguns bancos. Os EUA e a Europa estão resgatando os bancos e alguns especialistas do banco dizem que na verdade esta crise ainda temos hoje não foi devido ao excesso de gastos – o que aconteceu também – mas a crise atual realmente ainda é devido ao resgate do sistema bancário.
Países como a Grécia e Portugal estão agora em escravidão por dívida. Isso era previsível e talvez até mesmo feito deliberadamente pelos países mais ricos da UE quando começaram o euro.
O dólar ainda governa o mundo. Nos EUA, os cidadãos estão na escravidão do cartão de crédito, isso funciona em todos os paises.
Há demasiado políticos que trabalham para os bancos.
O sistema de Segurança Social já não funciona, porque as crianças costumavam para pagar os próprios pais, agora estáo pagando por muitas pessoas, e os dados demográficos não são em nosso favor.
D disse que, se os EUA não tinham eliminado o imposto sucessório sobre pessoas ricas em 2000, os EUA poderiam ter eliminado o IVA e Imposto de Renda em 2020 ou 2025. O mesmo iria para Portugal.
A UE deve instalar uma Agência de Rating de Crédito Europeia para compensar os danos das três agências norte-americanas estão fazendo para a Europa, olhe para esta palestra do TED: http://www.ted.com/talks/annette_heuser_the_3_agencies_with_the_power_to_make_or_break_economies

Por último, mas não menos importante:
E disse que o dinheiro deve ser visto como um produto de trabalho, mesmo amor, e não só como um meio de pagamento.
Vivemos em um mundo frágil , somos nem sempre conscientes disso, porque é assustador.

A nossa organização :
Nosso Blog está em https://madeiraconsorcio.com/
Facebook é a http://www.facebook.com/groups/madeiraconsorcio/

A próxima reunião Agricultura será no dia 3 de abril
O grupo ToBinG se reunirá no dia 26 de março

 

 55 Madeira Consorcio Meeting Minutes (ToBinG) 13.3.2014

We had an exciting discussion about how to curb the Government; this was inspired by an equally enticing discussion going on in Contraditório in Lisbon (http://www.contraditorio.pt/)

First some other details:
D & MSs solar system is now working very well. They had to get some new and more powerful batteries. They have not tried going without the EDP supply yet. They found that it is illegal in Portugal to sell surplus electricity (by running the meter backwards) to the EDP while also producing electricity for home consumption so there are only producing for themselves.

The Basket: the top is nearing completion, then it has to go to the upholsterer to be fitted with the fabric. D has a contact in Ponta do Sol who is keen to see the prototype, but we still have P. as potential buyer as well.

U wrote an English business plan (with an US software www.enloop.com) for the DV project and sent it on to several investor intermediaries. The software, being from America, is a bit funny: Lda’s get a worse rating as if the project is based on a sole proprietor – and it has no entry for VAT but it delivers a professionally made PDF, all for free. Extras, such as leaving out the Enloop logo, need to be paid for. To be recommended!

U is in touch with Pingo Doce supermarket to see if they would allow us to distribute pamphlets with the Fire Manual in the supermarkets, we should hear something next week. D is in touch with Continente but the responsible person was not available so far.

THE Discussion:

M from Contraditiorio suggested that taxes should be dedicated to specific purposes, in two ways:

  1. Fuels tax → road maintenance etc, tobacco and alcohol taxes -> Health services etc, Luxury taxes → ….

  2. Income tax: the citizen can determine the %age of 100% of his taxes to go to all departments, e.g. 10% for defense; 30% for education,…. etc until 100% is covered. This would show in a very obvious way the importance the citizens place on the services they consume, and empower them to rule their state: Public services which therefore receive small amounts of tax revenues have to tighten their belts. IF this then causes a lack of services, citizens will increase their distribution. As in California with its referendums, citizens will have a learning curve as to why taxes need to be raised, not lowered.

  3. To make the management easier, this could be decided by referendum for one year in advance. Then the admin offices would know on advance how much money they can work with.

E said that Brazil had a very small tax on all money transactions for a time, this tiny amount was enough to cover the deficit and restore the Social Security pension pot. Then the state tried to use it for other means but was stopped by the citizens.

We also spoke about reigning in the banking sector by forbidding any trade (“the Markets” are based on trade) with goods that have no tangible counter-value (goods and mortgages are fine, Credit Default Swaps etc. are not). But Titles – IOUs (“I owe you”) are not tangible and might be needed in the market; they could be limited by a rule to not sell them on after the first sale.

Other comments – we cannot always be optimistic:

GM had in fact been nationalized due to the banking crisis, as well as some banks. The US and Europe are rescuing the banks and some bank experts say that indeed this crisis we still have today was not due to overspending – which happened as well – but the current crisis is still due to the rescue of the banking system.

Countries like Greece and Portugal are now in debt slavery. This was foreseeable and maybe even done deliberately by the richer EU countries when they started the euro.

The dollar still rules the world. In the USA, the citizens are in credit card slavery, it works everywhere.

There are way too many politicians who work for banks.

The Social Security system is not working anymore because children used to pay for their parents, now there are paying for too many people, and demographics are not in our favor.

D said that if the US had not eliminated the inheritance tax on wealthy people in 2000, the US could have eliminated VAT and Income Tax by 2020 or 2025. The same would go for Portugal.

The EU is supposed to install a European Credit Rating Agency to offset the damages the three American agencies are doing to Europe, have a look at this TED talk: (http://www.ted.com/talks/annette_heuser_the_3_agencies_with_the_power_to_make_or_break_economies)

Last but not least:

E said that money should be seen as a product of labour, not only as a means to pay something.

We live in a fragile world, we are just not always aware of it because it is frightening.

Our organisation:

Our Blog is at https://madeiraconsorcio.com/

Facebook is at www.facebook.com/groups/madeiraconsorcio/

The next Agriculture meeting will be on April 3.

The ToBinG group will meet on March 26.

 

54 Madeira Consorcio Meeting Minutes (ToBinG) 27.2.2014 EXCERPT

Mar 2, 2014 at 4:42 pm | Posted in Posts | Leave a comment
Tags: , , , ,

54 reunião Madeira Consorcio (ToBinG ) 27.2.2014

Sr. Luis Camacho da fábrica cana-de-açúcar Ribeiro Seco não apareceu, apesar ele tinha uma lembrete da reunião na terça-feira, isso provavelmente significa “não, obrigado”. Mesmo assim, D vai passar pela fábrica para ver se ele pode falar com ele lá.

O nosso encontro acabou por ser mais sobre Agricultura do que negócio!

Colin teve uma boa reunião na Finlândia. E vai ver se ele pode organizar a reunião de estudantes na universidade, talvez em conjunto com os contatos de professores de D, para que Colin possa apresentar a sua ideia para a Madeira. Infelizmente, ele vai voltar para o Reino Unido por razões de saúde em setembro. P enviará U uma transcrição do discurso do Colin na Finlândia.
U informou sobre a conversa que teve com US, disse-lhe que nós estamos fazendo campos de teste (V com Menta, N talvez com Melissa, a ser confirmado).


D já está duplicando plantas para V. N terminou um grande projeto de carpintaria, agora ele vai ser capaz de pensar sobre o projeto de Melissa. Gostaríamos de iniciar um teste este ano, então podemos dizer com certeza que são os nossos custos de produção. US vai tentar obter os resultados do laboratório para si mesmo, para escrever artigos sobre o alto potencial da Madeira. Ele sugeriu que obtemos resultados de um outro laboratório para confirmar a qualidade. V tem um contato em Lisboa, mas isso iria custar 1500 € .
U vai pedir MBT se eles poderiam fazer os testes e o quanto eles nos cobram. O grupo acha que MC nos dará preços especiais.


D vai tentar marcar uma reunião com Miguel Antonio Correia / Agricultura, e tentar influenciá-lo de que a lei seja alterada para que pelo menos a Protecção Cicil pode entrar terras privadas e derrubar árvores que são um perigo público. U vai tentar acompanhar a traduzir.

A equipe falou sobre MBT e as boas impressões que tiveram do lugar. Cerca de 6 pessoas tem emprego lá, principalmente para fazer testes. Algumas máquinas ainda não foram entregues. Eles têm um lio com alta capacidade. R tem um contato com cerca de 1000 árvores de abacate, a fruta poderia ser tratado em MBT. MC poderia, então, vender o pó a restaurantes de alta classe ao redor do mundo. MC disse que é mais barato importar Funcho para velas do que para comprar as plantas secas aqui (decepcionante para R ) .
G disse que a Câmara Municipal de S. Vicente criou uma agência de assistência aos agricultores, talvez semelhante ao que D & P viam em Mértola. G dará U o contato, então podemos ter uma reunião com eles sobre o projeto Menta / Melissa.

Nosso Manual de Prevenção de Incêndios foi publicado no MAIS / Diario, com informações detalhadas sobre o nosso grupo. U vai organizar cópias A3 para todos.
U vai falar com um supermercado Pingo Doce para ver se eles nos permitiria distribuir panfletos com o Manual de Fogo nos supermercados. D está preparado para fazê-lo em um supermercado Continente.

R disse que Padre Nobrega de Câmara de Lobos é dito ser uma biblioteca botânico. se alguma vez tiver dúvidas, podemos perguntar ele. Temos também bons contactos com alguns botânicos universitários e no Jardim Botanico.


U vai falar com Do. sobre a possibilidade de obter um Publica Peticao inserido no Social Media, mas não temos um assunto atraente para o público mais jovem neste momento.

 

A nossa organização:
Nosso Blog está em https://madeiraconsorcio.com/
Facebook é a
www.facebook.com/groups/madeiraconsorcio/


O grupo ToBinG se reunirá no dia 13 de março
Como falamos muito sobre agricultura esta vez, a próxima reunião do grupo de Agricultura será no dia 3 de abril, 

54 Madeira Consorcio Meeting Minutes (ToBinG) 27.2.2014

Sr. Luis Camacho from the Sugar cane factory Ribeiro Seco did not show up, although he was reminded of the meeting on Tuesday, this probably means “no, thank you”. Still, D will pass by the factory to see if he can talk to him there.

The meeting turned out to be more about Agriculture than Business!

Colin  had a good meeting in Finland. E will see if he can organize a student’s meeting in the university, perhaps together with D’s teacher contacts, so that Colin can present his idea for Madeira. Unfortunately, he will return to the UK for health reasons in September. P will send U an transcript of Colin`s speech in Finland.

U informed about the talk she had with US, she told him that we are doing test fields (V for Menta, N hopefully with Melissa, to be confirmed).

D is already duplicating plants for V. N finished a big carpentry project, now he will be able to think about the Melissa project. We would prefer to start a test this year, then we can say for certain what our production costs will be. US will try to get the lab results for himself, to write articles about Madeira’s high potential, He suggested that we get separate lab results to confirm the quality. V has a contact in Lisbon but this would cost 1500€.

U will ask MBT if they could do the tests and how much they would charge us. The group thinks that MC will give us special prices.

D will try to arrange a meeting with Miguel Antonio Correia /Agriculture, and try to influence him that the law is changed so that at least the Proteccao Cicil can enter private land and chop down trees that are a public danger. U will try to accompany to translate.

The team spoke about MDB and the good impressions they had of the place. Around 6 persons have employment there, mainly for testing. Some machinery has still not been delivered yet. They have a dryer with high capacity. R has a contact with around 1000 fruit trees, the fruit could be dried in MBT. MC could then sell the product to high class restaurants around the world. MC said that it is cheaper to import Funcho for candles than to buy the dried plants here (disappointing for R).

G said that the City Hall in S. Vicente created a farmers assistance agency, hopefully similar to what D & P saw in Mertola. G will give U the contact, then we can have a meeting with them about the Menta/Melissa project.

Our Fire Prevention Manual has been published in the MAIS / Diario, with a detailed info about our group. U will get A3 copies for everybody.

U will talk to a Pingo Doce supermarket to see if they would allow us to distribute pamphlets with the Fire Manual in the supermarkets. D is prepared to do it in a Continente supermarket.

R said that Padre Nobrega from Camara de Lobos is said to be a walking botanical library. if we ever have questions, we can ask him. We also have good contacts to some university botanists and the Jardim Botanico.

U will talk to Do. about the possibility to get a Peticao Publica inserted in the Social Media, but we do not have an enticing subject for younger audiences at this time.

Our organisation:

Our Blog is at https://madeiraconsorcio.com/

Facebook is at www.facebook.com/groups/madeiraconsorcio/

The ToBinG group will meet on March 13 

As we spoke a lot about agriculture this time, the next Agriculture meeting will be on April 3 .

 

 

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries and comments feeds.