30 Madeira Consórcio meeting minutes (Agriculture) 9.5.2013 excerpt

May 12, 2013 at 9:30 am | Posted in Posts | Leave a comment
Tags: , , , , , ,
English: Passiflora 'maracuja' עברית: שעונית '...

English: Passiflora ‘maracuja’ עברית: שעונית ‘מרקוזה’ (Photo credit: Wikipedia)

 

30 reunião Madeira Consórcio (Agricultura) 9.5.2013
Olá equipe,
tivemos uma boa reunião: V nos mostrou os prêmios que recebeu para as montras de orquídeas que ela fez no ano passado para a Festa da Flor, em total, ela foi premiada com três prêmios, e com eles recebeu um bordado com um orquídea bem feito em um quadro, a ser exibido em Jardim Orquidea. Parabéns!

 

V, em seguida, trabalhou da lista de plantas que U tinha reunido, de plantas que buscam bons preços no mercado mundial – infelizmente, algumas plantas interessantes não crescem bem aqui.

Assim conseguimos, entre nós, para alcançar o objetivo da U de ter pelo menos
20 produtos em nossa lista de Ouro

 


J está pedindo subsídios para restaurar o plástico em uma antiga estufa. U disse-lhe para entrar em contato com D, que sabe de um produto melhor.

 


J está aguardando aprovação do projeto de Maracuja. Ele quer vender a fruta para F, Ele também tem 2.500 m2, onde ele provavelmente vai plantar batatas – há realmente uma falta agora, como muitos agricultores mudar para Maracuja.

 


J quer abrir uma padaria  e vai precisar de ajuda com o IDE (U).

 


Produção de Sabonete:
U deu uma lista de requisitos para a R, ela vai mandar informações para U que irá traduzir e enviar para o departamento. Semelhante ao projeto pão de E, esta produção requer uma sala separada com licença da Câmara Municipal, com sanitários.

 


A nossa organização:
Nosso Blog está em https://madeiraconsorcio.com/
Nosso grupo no Facebook está aqui: https://madeiraconsorcio.com/

O grupo de turismo e de negócios vai agora reunir em 16 de maio
U está fora por duas semanas, não hesite em fazer reuniões por favor, se não, o horário regular será retomada em junho:

 


O grupo de Agricultura se reunirá no dia 6 de junho

 

 

 

 

 

 

 

30 Madeira Consórcio meeting minutes (Agriculture) 9.5.2013

 

We had a nice meeting: V showed us the prizes she received for the orchid displays she did for last year`s Flower Festival, altogether, she was awarded three prizes and with them came a nicely done Orchid embroidery in a frame, to be displayed in Jardim Orquidea. Congratulations!

 

V then went over the plants list U had put together of plants which fetch good prices in the world market – unfortunately, some interesting plants do not grow well here.

 

 

We managed between us to reach U`s goal to have at least 20 products on our Golden List

 

J is asking for subsidies to restore the plastic sheeting on an old greenhouse. U told him to get in touch with D who knows of a better product.

 

J is waiting for approval of the project for Maracuja . He wants to sell the fruit to F. He also has 2.500 m2 where he will probably plant potatoes – there is actually a shortage now, as many farmers switch to Maracuja.

 

J wants to open a bakery  and will need help with the IDE (Ursula).

 

Soap ProductionU gave a list of requirements to R, she will send her info to U who will translate and send it to the department. Similar to E bread project, this production requires a separate room with license from the City Hall, with sanitaries.

 

Our organisation:

 

Our Blog is at https://madeiraconsorcio.wordpress.com/

 

Our Facebook group is here:https://madeiraconsorcio.com/

 

The Tourism & Business group will now meet on May 16 

 

Then U is out for two weeks, please feel free to have meetings, if not, the regular schedule will be taken up in June:

 

The Agriculture group will meet on June 6 

 

 

 

 

 

Advertisements

Reunião Madeira Consórcio 9.8.2012

Aug 12, 2012 at 11:24 am | Posted in Posts | Leave a comment
Tags: , , ,

by Walter Bannasch, source http://www.madeiraarchipelago,com

Reunião Madeira Consórcio 9.8.2012               English version below

Tivemos uma troca interessante, portanto, com alguns novos membros:

Agricultura:

Ursula contactou várias empresas alemãs que estão comprando plantas para fins medicinais e deu um relatório sobre este projecto 

Turismo:

Ursula deu um relatorio sobre o projecto dos casamentos para estrangeiros na Madeira. Ao contrário do Funchal, o notário de S. Cruz está preparada para chegar aos hotéis (neste caso, a Quinta Splendida), para realizar cerimônias, em instalacoes que são muito mais agradável do que no escritório do registrador.

Esta será uma ideia aberta, ela precisa muito apoio e muitas empresas a atingir a massa crítica para ter um impacto positivo bre a economia. Uma vez que o processo for concluído, ursula vai einviar a informacao em conjunto para os hotéis, os operadores turísticos (e do Diario de Noticias) por e-mail. Eles deveriam, então, desenvolver e promover este potencial pacotes para os turistas. Isso também pode levar algumas pessoas para iniciar o respectivo negócio de”Wedding Planner”; dois sites já existem para a Madeira, mas apenas em Português.

Negocio em Geral:

David falou sobre os recentes incêndios, e que as pessoas precisam ser incentivados a limpar a fitera e o espinheiro, para evitar incêndios no futuro. 

Regina mencionou que o óleo da cozinha usada pode ser usado para produzir glicerina e depois sabão, esta seria uma actividade para dar bom lucro. 

Nós falamos sobre produção de aguardente em casa, mas isso é proibido, cerveja e licores podem ser produzidos em casa. David disse que a produção de sidra é demasiado exigente tecnicamente.

Gonçalo trouxe algumas informações para Egberto sobre o processo de licenciamento industrial.

Remi disse que a água mineral da Madeira podia ser um bom produto, e com o nome “Madeira”, podia obter exclusividade e ser altamente comercializável. A Água “Atlântida” já é sucesso no mercado.

Ursula trouxe a idéia de uma moeda local. No pior cenário, Portugal poderá ter de abandonar o euro e reverter para um escudo de menor valor. Dentro do país, este valor menor não importa, mas, ainda assim, as pessoas podem preferir ter um outro meio de pagamento de bens e serviços entre si.

Egberto falou sobre outra forma de intercâmbio privado, o banco de tempo. Com base nas horas que ele trabalha para fazer o seu pão, ele já trocou o seu pão para as aulas de ioga e serviços semelhantes.

Para melhor expressar o meu sentimento do Governo, anexei uma foto por Walter Bannasch (via http://www.madeiraarchipelago.com, procura do foto numero 10860) A pedra no leito do rio é o governo, a água que flui em torno dele são as nossas ideias.

  ,,,,,,,,,,,,,,,,

Madeira Consorcio Meeting Minutes 9.8.2012

We had an interesting exchange, also with some new members.

Agriculture:

Ursula contacted several German companies who are purchasing plants for medicinal purposes. 

Tourism:

Ursula reported about the progress in the Marriages in Madeira project. Unlike in Funchal, the registrar of S. Cruz is prepared to come to the hotels (in this case, Quinta Splendida), to perform ceremonies so the surroundings are much nicer that in the registrar`s office.

This is an open idea, it needs much support and many businesses to reach critical mass and make an impact on the economy. Once the dossier is finished, it will be sent to the hotels, the tour operators (and the Diario de Noticias) by email. They should then develop packages and promote this potential to the tourists. This may also prompt some people to start the respective “Wedding Planner”business; two websites already exist for Madeira, but only in Portuguese.

Business in general:

David spoke about the recent fires, and that people need to be encouraged to clean out the bracken and the bramble to avoid fires in the future. Some systems could be an incentive for the population to clean out the brush and get paid for it.

Regina mentioned that used oil can be used to produce glycerine for soap, this would be a nice business, too. 

We spoke about production of aguardente at home but this is forbidden, beer and liquors may be produced at home. David said that the production of Cider is too technically demanding.

Goncalo brought Egberto some info about the industrial license process, 

Remi said that Madeira mineral water might be a good product, and with the name “Madeira” , it might gain good exclusivity and be highly marketable. Atlantida water is already successful in the market.

Ursula brought the idea of a local currency.  In the worst case scenario, Portugal might have to leave the Euro and revert to a less valuable Escudo. Within the country, this lesser value wouldn’t matter but still, people might prefer to have another means of paying for goods and services between each other.

To best express my feeling of the Government I have anexed a photo by Walter Bannasch( via http://www.madeiraarchipelago.com, search for photo 10860) The boulder in the riverbed is the Government, the water flowing around it are our ideas.

Reunião Madeira Consórcio 26.7.2012

Jul 28, 2012 at 11:57 am | Posted in Posts | Leave a comment
Tags: , , ,
English: "Monumental" bridge between...

English: “Monumental” bridge between Funchal and Camara de Lobos Česky: Most Monumental mezi Funchalem a Camara de Lobos (Photo credit: Wikipedia)

Reunião Madeira Consórcio 26.7.2012 English version below

Tivemos uma troca interessante, também com alguns novos membros:
Esmeralda possui a Quintinha das Ervas em S. Martinho, ela vende ervas específicas para os Chefs locais de bons restaurantes e é muito bem versado ​​na área de ervas.
Hilário e sua esposa Sonja juntavam-se a nós, Sr. Hilário é dono de uma empresa de construção civil em Camara de Lobos e tem um bom conhecimento do cenário de negócios na Madeira.
Egberto trabalha na Universidade, ele também produziu o excelente pão que provamos na última vez. Seu problema é um de muitas pessoas com uma produção pequena em casa: é caro e complicado de obter licenças para poder produzir mais e vender para fora. O pão de Egberto já encontrou fãs na Suíça.
Gonçalo trabalha na redução de ruído para as empresas e em outros projetos ecológicos.

Agricultura:
Ursula entregou uma lista de bons restaurantes que poderiam estar interessados ​​em comprar produtos específicos para os seus menus. Os membros podem se juntar em um pequeno grupo para abordar os Chefs de cozinha e estabelecer os contatos.

Ursula entrou em contacto com os compradores estrangeiros de matérias-primas para a produção de medicamentos e suplementos alimentares, para ver se podemos estabelecer um serviço de fornecimento sob demanda para essas empresas.

Muitos indivíduos produzem compotas, marmeladas, licores e doces etc, e como eles não têm condições adequadas em suas casas, seus produtos não podem ser certificadas e vendidas (apenas em mercados de pulga) em maior quantidade. Nós discutimos a idéia de uma “fábrica” ​​que poderia ter todas as licenças para a produção de uma variedade de produtos. A fábrica faria apenas alguns produtos licenciados.

Para fazer pão, há uma opção para adquirir uma licença industrial que é mais fácil de obter.

Turismo:
Falavamos sobre Casamento em Madeira:

Empresas em Geral:
Ursula gostaria de começar um check-up para empresas novas e existentes. Muitas empresas não conseguem porque os proprietários são muito otimistas e abrem lojas sem planejamento adequado, empregados mal treinados e sem entusiasmo e em lugares errados. Isso precisa ser discutido mais adiante.

,,,,,,,,,,,,,,,,

Madeira Consorcio Meeting 26.7.2012

We had an interesting exchange, also with some new members:

Esmeralda owns the Quintinha das Ervas in S. Martinho, she sells specific herbs to the local Chefs of good restaurants and is very well versed in the area of herbs.

Hilario and his wife Sonja joined us, Sr. Hilario owns a construction company in Camara de Lobos and has good knowledge of the business scene in Madeira.

Egberto works at the University, he also bakes the great bread we tasted last time. His problem is one many people with small production share with him: it is costly and cumbersome to get licenses to be able to produce more and sell outside. Egberto`s bread already found fans in Switzerland.

Gonçalo works in noise reduction for enterprises and in other eco projects.

Agriculture:

Ursula delivered a list of good restaurants which could be interested to buy specific produce for their menus. The members could join in a small group to approach the Kitchen Chefs and establish the contacts.

Ursula shall contact foreign buyers of raw materials for the production of medicines and food supplements to see if we can establish an on-demand supply service to these companies.

Many individuals produce jams, marmalade, liqueur and sweets etc, and as they have no proper conditions in their homes, their products cannot be certified and sold (only on flea markets/cat boot sales) in greater quantity. We discussed the idea of a “factory” which could have all the licenses to produce a variety of products,. The factory would make only certain licensed products.

For bread baking, there is an option to acquire an industrial license which is easier to get.

Tourism:

We spoke about Marriage in Madeira, to be discussed further

Business in General:

Ursula would like to start a business check-up for new and existing companies. Many businesses do not succeed because the owners are too optimistic and open shops without proper planning, badly trained and unenthusiastic staff and in the wrong places. This needs to be discussed further.

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries and comments feeds.